segunda-feira, 3 de agosto de 2015

Poeira da lua


Meus pés estavam pulando calçadas
Pulando as divisões das calçadas
Dois pés sozinhos e uma estrada
Dois pés chutando latas


Aí eles tropeçaram em você
Eles tropeçaram em você

Você me beijou e eu voltei do espaço
Com poeira da lua nos sapatos
Você me beijou e eu voltei do espaço
Com poeira da lua nos sapatos

Meus pés estavam pulando calçadas
Pulando as divisões das calçadas
Dois pés sozinhos e uma estrada
Dois pés chutando latas

Aí eles tropeçaram em você
Eles tropeçaram em você

Você me beijou e eu voltei do espaço
Com poeira da lua nos sapatos
Você me beijou e eu voltei do espaço
Com poeira da lua nos sapatos


Letra de música: Marcos e Belutti

2 comentários:

  1. Querida amiga

    Há beijos que nos devolvem
    o universo.
    Nos fazem encontrar nosso chão,
    nosso caminho,
    nosso sentido nesta vida...

    Que estrelas brilhem em tuas noites.

    ResponderExcluir
  2. Dois pés sozinhos, pulando calçadas
    dois pés que caminham incessantes pela estrada
    mas que chegam à lua pela alvorada.
    Valeu a pena!
    Beijos.

    ResponderExcluir

"São os sentimentos e não o intelecto que determinam as opiniões. " Seja bem vindo!

Google+ Badge