segunda-feira, 22 de fevereiro de 2016

Uma Mulher

Uma mulher caminha nua
 pelo quarto
é lenta como a luz 
daquela estrela
é tão secreta uma mulher 
que ao vê-la
nua no quarto 
pouco se sabe dela
a cor da pele, dos pêlos, o cabelo
o modo de pisar, 
algumas marcas
a curva arredondada de suas ancas
a parte onde 
a carne é mais branca
uma mulher é feita de mistérios
tudo se esconde: 
os sonhos, as axilas,
a vagina
ela envelhece
 e esconde uma menina
que permanece 
onde ela está agora
o homem que descobre uma mulher
será sempre o primeiro
 a ver a aurora.



Bruna Lombardi

5 comentários:

  1. Belíssima poesia!... A mulher é a obra prima do Criador.
    Beijos,
    Élys.

    ResponderExcluir
  2. Oi Rose!
    Muitos passam a vida descobrindo dia-a-dia, o que é mais gostoso ainda nesse conviver.
    Belo post!
    Abração e ótima semana.

    ResponderExcluir
  3. A minha intenção era de ler
    suas poesias, mas acabei ficando.
    Sou seu seguidor de hoje em diante
    e seu mais novo amigo, se assim
    me permitir.

    Um beijo.



    .

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada pelo carinho, Silvio! Visitei sua página, mas não tem como deixar um comentário. Já sou sua amiga lá, já um tempo. Lindo fim de semana!

      Excluir
  4. Belíssimo poema! Uma linda contemplação do que é ser mulher..
    Um grande abraço

    ResponderExcluir

"São os sentimentos e não o intelecto que determinam as opiniões. " Seja bem vindo!

Google+ Badge